Evento lança Festival Gastronômico do Caranguejo em Salvador

Chef Júnior França ensinará a fazer a famosa Cabeça de Robalo, prato tipico de Canavieiras no Shopping da Bahia
O lançamento em Salvador da segunda edição do Festival Gastronômico do Caranguejo de Canavieiras (BA), acontecerá na Loja Camicado, no 3º piso do Shopping da Bahia, no próximo dia 16, às 19h. O chef e curador do evento, Junior França, vai ensinar aos convidados do evento como preparar a receitaCabeça de Robalo“, feita com caranguejo,prato típico da cidade. E em seguida, haverá degustação da iguaria pelos presentes.

O tradicional festival, que movimentará a economia da cidade e atrairá baianos e turistas, vai acontecer entre os dias
6 e 9 de setembro e contará com atrações musicais e culturais, cozinha show (Casa do Chef) e
pratos especialmente elaborados com o crustáceo mais amado do Brasil.

O tradicional festival, que movimentará a economia da cidade e atrairá baianos e turistas, vai acontecer entre os dias
6 e 9 de setembro e contará com atrações musicais e culturais, cozinha show (Casa do Chef) e
pratos especialmente elaborados com o crustáceo mais amado do Brasil.

O tradicional festival, que movimentará a economia da cidade e atrairá baianos e turistas, vai acontecer entre os dias
6 e 9 de setembro e contará com atrações musicais e culturais, cozinha show (Casa do Chef) e
pratos especialmente elaborados com o crustáceo mais amado do Brasil.

A parte gastronômica foi amplamente trabalhada com os restaurantes cadastrados que elaboraram pratos especiais sob a supervisão do chef Junior França. Durante todo o mês de agosto os donos dos estabelecimentos e o curador participarão de workshops e reuniões para montar um cardápio onde se pode apreciar bolinho de poã, poã à milanesa, poã recheada, casquinha de caranguejo, moqueca
e caranguejo ao molho.

A parte gastronômica foi amplamente trabalhada com os restaurantes cadastrados que elaboraram pratos especiais sob a supervisão do chef Junior França. Durante todo o mês de agosto os donos dos estabelecimentos e o curador participarão de workshops e reuniões para montar um cardápio onde se pode apreciar bolinho de poã, poã à milanesa, poã recheada, casquinha de caranguejo, moqueca
e caranguejo ao molho.

Junior França – Natural de Jequié, deu seus primeiros passos na culinária em um restaurante Italiano de massas caseiras em Itacaré. Após
passear por vários estilos nos estabelecimentos locais alçou vôos mais alto e foi trabalhar na Espanha, em Valência, tornando-se Chef de brigada do Restaurante Burdeos In Love, um dos mais visitados. No retorno ao Brasil especializou-se em comida baiana e abriu seu próprio restaurante em Itacaré, o que o levou a participar de diversos festivais gastronômicos tornando-se em 2016 curador do Festival Sabores de Itacaré 2016. Já em 2017 assumiu a curadoria do 1º Festival Gastronômico do Caranguejo. Hoje tem como trabalho resgatar a gastronomia local por onde passa com base na agricultura familiar, agregando valor.
O local – Canavieiras tem um dos maiores habitat do caranguejo-uçá (Ucidescordatus) que vivem exclusivamente em áreas de manguezal, sendo
esse um ecossistema costeiro, de transição entre os ambientes terrestre e marinho, provendo uma farta oferta de alimento e retém detritos, com sumária importância para a vida de várias espécies marinha e também para as que habitam a área de transição.

Junior França – Natural de Jequié, deu seus primeiros passos na culinária em um restaurante Italiano de massas caseiras em Itacaré. Após
passear por vários estilos nos estabelecimentos locais alçou vôos mais alto e foi trabalhar na Espanha, em Valência, tornando-se Chef de brigada do Restaurante Burdeos In Love, um dos mais visitados. No retorno ao Brasil especializou-se em comida baiana e abriu seu próprio restaurante em Itacaré, o que o levou a participar de diversos festivais gastronômicos tornando-se em 2016 curador do Festival Sabores de Itacaré 2016. Já em 2017 assumiu a curadoria do 1º Festival Gastronômico do Caranguejo. Hoje tem como trabalho resgatar a gastronomia local por onde passa com base na agricultura familiar, agregando valor.
O local – Canavieiras tem um dos maiores habitat do caranguejo-uçá (Ucidescordatus) que vivem exclusivamente em áreas de manguezal, sendo
esse um ecossistema costeiro, de transição entre os ambientes terrestre e marinho, provendo uma farta oferta de alimento e retém detritos, com sumária importância para a vida de várias espécies marinha e também para as que habitam a área de transição.

A cidade se destaca como uma das mais relevantes na culinária de peixes, mariscos e envolvidos dentre as cidades do litoral da Bahia. Uma variada oferta de produtos compõem os cardápios de bares e restaurantes do município. Com caranguejo são feitos catados, moquecas, mariscadas, Paella, Caranguejo Cozido, Puãs Empanadas, saladas, tapiocas, pizzas, lasanhas e casquinhos, o famoso prato Cabeça de Robalo, de origem e exclusivo da
culinária Canavieirense.

A cidade se destaca como uma das mais relevantes na culinária de peixes, mariscos e envolvidos dentre as cidades do litoral da Bahia. Uma variada oferta de produtos compõem os cardápios de bares e restaurantes do município. Com caranguejo são feitos catados, moquecas, mariscadas, Paella, Caranguejo Cozido, Puãs Empanadas, saladas, tapiocas, pizzas, lasanhas e casquinhos, o famoso prato Cabeça de Robalo, de origem e exclusivo da
culinária Canavieirense.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *