Roteiros alternativos tornam atrações Olímpicas mais acessíveis

Rio-de-janeiro

Ingressos e passagens a preços convidativos permitem aproveitar o evento sem muitos gastos

Os Jogos Olímpicos são uma oportunidade histórica, a competição mais célebre do esporte mundial é também um marco turístico que atrai milhares de visitantes de todos os lugares do mundo.  Justamente por isso, o evento pode parecer de difícil acesso à maioria das pessoas, especialmente em tempos de crise. Porém, ao contrário do que se imagina, é possível aproveitar esse momento único programando itinerários que cabem no bolso. Ingressos mais acessíveis e roteiros estratégicos podem permitir a vivência exclusiva desse torneio consagrado mesmo para aqueles que jamais imaginariam ter essa experiência.

Ingressos acessíveis dentro do Rio de Janeiro

Muitas pessoas acham que para aproveitar as Olimpíadas é necessário desembolsar valores exorbitantes. Porém, é possível desfrutar do espírito olímpico com baixos valores, até mesmo para assistir delegações mais renomadas. Passeios pelo Parque Olímpico e disputas de modalidades menos conhecidas são opções para quem quer se divertir, conhecer pessoas de diversas partes do mundo e ainda torcer pelo seu País.

•Conhecendo o Parque Olímpico: Este parque é o coração dos Jogos Rio 2016. Possui 1,18 milhão de metros quadrados, comportando as 9 arenas que irão apresentar as mais diversas modalidades Olímpicas. As áreas comuns são permitidas ao torcedor que tenha ingresso para as seções no local, mas para quem deseja conhecer e desfrutar das instalações, é possível pagar um valor reduzido somente para visitação a partir de R$ 20,00. O parque conta com praça de alimentação, bares, mirantes, entre outras atrações;

•Preços convidativos para os Jogos do Rio: entre as opções mais em conta estão a luta olímpica (greco-romana) livre na Arena Carioca 2, ingressos para a fase classificatória e para a primeira fase da repescagem saem por R$40. Já ingressos para esgrima que incluem prévias, oitavas e quarta de final saem por R$50 tanto para a competição masculina quanto para a feminina, na Arena Carioca 3. O polo aquático traz a oportunidade de ver todos os jogos da primeira fase por R$50, disputa em que a equipe brasileira é forte candidata às medalhas Olímpicas ocorre no Centro Aquático Maria Lenk.

Atrações pelo Brasil

Nem todas as partidas ocorrerão no Rio de Janeiro, para quem quiser conhecer as famosas delegações do futebol olímpico, há jogos de começo de classificação que cabem no bolso em outras cidades.

Salvador, Brasília, Manaus, Belo Horizonte e São Paulo trazem jogos até as quartas de final. Na primeira fase dos confrontos é possível saber quais delegações irão disputar permitindo ao torcedor escolher qual delegação acompanhar. Além disso, os preços dessa etapa são menores em comparação aos jogos decisivos. Para quem deseja ver seleções de grande tradição sem o frenesi e os custos da cidade olímpica, opções como os jogos de Salvador que incluem Brasil x Dinamarca e México x Alemanha saltam aos olhos. Os ingressos vão de R$50 a R$200 no masculino e de R$40 a R$100 no feminino, sendo os mais caros correspondentes as quartas de final e os mais baratos às partidas iniciais. Em São Paulo os ingressos ainda disponíveis para a competição masculina são mais salgados, chegam a R$600, porém a disputa pelo bronze feminino vai de R$100 a R$280 com os primeiros jogos custando de R$20 a R$100.

Roteiros estratégicos podem ser mais convidativos

Indiscutivelmente, todos os destinos Olímpicos valem a visita, porém, alguns podem ser ainda mais atraentes para o bolso. Para aqueles que desejam aproveitar o evento e ainda economizar, pesquisar e programar seu roteiro são os grandes segredos para encontrar passagens e estadias a preços menores. Para tal é preciso ficar atento a diversos fatores: os valores das passagens costumam variar consideravelmente de acordo com a data, horário e até mesmo a companhia aérea escolhida.

Ainda que os preços variem de acordo com o ponto de origem do turista, pesquisar horários alternativos e trechos promocionais pode reduzir significativamente o preço da passagem. Com uma pesquisa simples em qualquer aplicativo de busca é possível verificar diferenças de mais de 40% entre duas companhias aéreas diferentes para um mesmo voo. Sendo que em uma mesma companhia, voar com conexão ao invés de utilizar uma ponte aérea, pode trazer economia de mais de 26%.

Por exemplo, procurando uma passagem de São Paulo ao Rio de Janeiro com cerca de duas semanas de antecedência é possível fazer uma economia de até 57%. Porém, a pesquisa não é o único recurso de quem quer economizar, também é possível conseguir preços ainda menores através das promoções e dos descontos oferecidos pelos programas de fidelidade. Para se ter uma ideia ao utilizar milhas aéreas para adquirir essas mesmas passagens a economia seria de até R$450, de acordo com a empresa especializada Cash Milhas.

Outras formas de economizar

Além dos ingressos e passagens outros gastos como estadia, alimentação e locomoção podem pesar no bolso se não analisados com cuidado. Existem algumas formas de economizar inclusive nesses e outros detalhes:
•Procurar por hostels, albergues ou casas de família que estejam oferecendo estadia pode ser uma opção bem mais barata.
•Buscar restaurantes mais convencionais na maioria das refeições e programar estadias com café-da-manhã incluso.
•Utilizar o transporte público ao invés do particular.
•Pesquisar com antecedência o valor dos ingressos das modalidades não convencionais.
•Procurar serviços e estabelecimentos filiados aos programas de fidelidade pode reduzir os custos e ainda aumentar a pontuação para uma próxima viagem.
•Adquirir passagens e reservar estadias pode ter um valor significativamente menor quando realizado com antecedência. Programe-se e economize!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *